Home / Notícias / Certificado de Vistoria Predial

Certificado de Vistoria Predial

Tire suas dúvidas entrando em contato com a AEAA-C (12) 3882.4663

Relação dos Documentos para Inspeção Predial

1 – Requerimento padrão da AEAA-C (associação dos engenheiros e arquitetos e agrônomo de Caraguatatuba)

2 – Copia da ata registrada da posse da atual diretoria do condomínio;

3 – Comprovante do pagamento das taxas de expediente;

4 – ART/RRT devidamente preenchida conforme especificações do CREA/CAU e recolhida no banco;

5 – Cópia do documento de propriedade do imóvel (escritura), com o imóvel averbado ou habite-se que comprove a idade do imóvel.

6 – Três vias de laudo conforme anexo I;

7 – três vias do anexo II;

REQUERIMENTO PARA SOLICITAÇÃO DE ANÁLISE DE LAUDO DE VISTORIA PREDIAL

requerimento-inspecao-predial

(Anexo I)

modelo-anexo-1-inspecao-predial

(Anexo II Parte A)

ITENS MÍNIMOS DE VISTORIA TÉCNICA.
A serem abordados e analisados lia vitoria técnica. devendo
ser abordados e analisados outros itens, a critério do vistoriador.

1. LOCALIZAÇÃO
1.1 Endereço – localização do imóvel e bairro
1.2 Nome – Nome do condomínio ou firma
1.3 Responsável- Nome do Síndico I proprietário I administrador (a)
1.4 Endereço do responsável – Endereço do responsável e seu número de telefone

2. CARACTERÍSTICAS
2.1 Tipo de Edificação – Residencial, comercial ou mista
2.2Subsolo-Tem? Quantos?
2.3 Térreo – Pilotis? Apartamentos? Lojas? Garagem?
2.4 Mezanino – Tem? Lojas? Salão de Festas? Garagem? Outro uso?
2.5 Pavimentos Superiores – Quantos?
2.6 Cobertura – Apartamento? Terraço? Telhado? _
2.7 Casa de Máquinas – Quantos elevadores I Monta carga. Escadas Rolantes, Esteiras, ele instalados
2.8 Telhados – Tipo de estrutura de sustentação e tipo de telhas
2.9 Fachadas – Tipo de revestimos (cerâmico, argamassa, outros)
2.10 Idade – Informar a idade (obs: considerar inicio a partir do ano do “habite-se”)
2.11 Outras características – Quantidade de blocos c quantidade de unidades (lojas, apartamentos, escritórios) por pavimento; tipo de apartamento (n” de dormitórios); existência de marquises, sacadas,
beirais, ornamentos, toldos, painéis publicitários, etc.

3. INSTALAÇÕES

3.1 Foram encontradas anomalias ?
Elétrica – pára-raios, entrada de energia e centro de medição, quadro de torça c luz da administração.
caixas de passagem/distribuição das áreas comuns, pontos de luz e tomadas nas áreas comuns, aterramentos, etc.

Hidráulica – Registros, tubulações, estanque idades, caimentos, drenagens, vazamentos etc,
Gás – Central de gás. abrigo de botijões, tubulações, válvulas, registros etc, esguichos),
Prevenção e combate a início de incêndio – Extintores, hidrantes (abrigo, mangueiras. sinalizações, luz de emergência. rotas de fugas e evacuação para casos de emergência, funcionamento de todo o sistema etc.

Elevadores – Informar qual é a firma responsável técnica pela conservação e manutenção.

 

(Anexo II Parte B)

4. PATOLOGIAS (*)

4.1 Foram encontrada patologias?

Civil – Aderência dos revestimentos; deformações estruturais; recalque diferenciais; desaprumos; monitoramentos; estabilidadedos balanços e ornamentos; (marquises, terraços, floreiras, etc); nescesidade de analises estruturais; estabilidade dos muros; oitões; platibandas, etc; segurança e estabilidade de pilares; vigas e lajes em estruturas de concreto; perfils metalicos e de madeira; patologias em geral; (infiltrações, umidades, fissuras, trincas, destacamentos, corrosão de armaduras, etc., impermeabilizações, infiltrações, fixação de caixilhos, vidros, gradis, corrimão, etc.)

Outros – Fachadas; forros; torres de antenas; toldos; painéis publicitário; central de ar condicionado; caldeiras; geradores, cabines primarias; maquinas e equipamentos; etc.

Tire suas dúvidas entrando em contato com a AEAA-C (12) 3882.4663